Milímetro

Largo tudo, se você me prometer
se agarrar em mim.



A gente pode se casar de novo. De brincadeirinha como quando tínhamos seis anos, e brincar de estar brincando aos sessenta. A gente pode se casar aos dezesseis. Aos vinte e seis, de seis em seis, das seis as seis. Na Grécia, em Paris, na Praia, na catedral, na Av. Paulista, na casinha da árvore. E eu quero te procurar na chuva, te procurar no tapete, vestir suas camisetas, e bagunçar seus discos, me irritar com você, e fugir. E fugirmos juntos. Brigar pelo controle, pela parede da sala, pela sobremesa, e perdermos o controle juntos no sofá. E te olhar da janela enquanto você rega o jardim, e te olhar quando você não fizer nada, e beijar seus ombros. E morder suas costas, e te dar a mão, a boca, o peito, os olhos, e não te dar nada. E não pedir nada, e sermos tudo, sermos um, sermos todos, sermos loucos, sermos nós.

Ouvir sobre seu dia, e chorar pelo meu, e te contar sobre aula, e sobre minhas paranoias. Criticar seu filme favorito, e não poder ver o meu, odiar suas caras, amar suas bocas, comprar discos que não serão ouvidos. Sermos ouvidos, e cheiros e tatos. Rir dos seus retratos, e te mostrar os meus, e sentir saudades durante o almoço, mas te deixar tirar um cochilo, ouvir a narração do seu torneio favorito que disputa final no dia seguinte, ouvir triste suas desculpas, e te pedir desculpas tristes. E ficar feliz quando você entende. E odiar suas meias, amar seus meios, sentir frio quando você não me oferecer seu moletom, e sentir calor quando você não pedir para tirá-lo. Ficar te olhando enquanto você pinta um quadro, dizer que é uma arte fazendo outra, que adoro seus olhos, suas sardas, suas coxas.

Odiar os seus vícios, e ficar feliz por suportar os meus. Ficar escrevendo até você voltar, ficar escrevendo sobre você chegar. Escrever nosso aconchego. E te dar mais perfumes do que você usa, e decorar todos eles. Ler Freud durante o piquenique, e ler Lispector, e ler suas cores, e suas curvas. E me arrepender pelos meus surtos, e me alegrar quando você entende. Ouvir sua voz pela manhã, e seu silêncio pela noite, ler suas cartas no seu timbre, e me assustar com seu silêncio. E adorar suas manias, e ajeitar suas manhas, te falar sobre a novela, e sobre um casal 'que era novelo'. E te abraçar quando estiver cansado, e te aguentar quando estiver triste. E te pedir pra ir embora, e ficar te esperando voltar. 

Cantar no seu ouvido, e te abraçar no campo. Combinar os nossos signos, e descombinar nossos pijamas. Contornar as linhas das suas tatuagens com as pontas dos dedos. Guardar seu nome na ponta da língua. E ter ciúme de você, e me preocupar com seus atrasos, e festejar suas vitórias. E te dar todos os motivos pra ir embora, e te ver ficando. E ficar com você, ficar com você no lado mais alto da montanha vendo o pôr-do-sol e te cantar Cazuza. E ouvir as músicas que eu amo, e também as que eu odeio. Entrar no carro e ligar na minha rádio favorita. E apostar todas as fichas, e me perder pra você. 

Desarrumar suas coleções, e suas luvas, ajeitar nossos caminhos, te escrever um texto, te escrever uma música. E te dedicar uma música brega num karaokê barato, e te cantar here comes the sun, até chegar a lua. Ler seus livros favoritos, decorar um poema, te usar de travesseiro, te amar atravessado. E te falar sobre amor, sobre câncer, sobre cura, e te ajeitar na mala pra marcar com tachinhas meu mapa-múndi, e viajar em você. Quero te acampar no meu jardim, numa segunda-feira, e te falar sobre ser, sobre céu, sobre estrelas, e te contar pra elas. Quero te dar um anel, te dar saturno. E esperar por 29 dias, enquanto você não volta, e te amar por vinte e nove anos, por trinta vidas.

E te encontrar pra um café, e não reclamar quando você pedir sorvete. E te mostrar minha lista de sonhos, assim numa quarta feira de sol, e não querer que você me ajude a riscá-la, mas que escreva ainda mais. Quero te amar ao meio dia, e pela tarde, e em marte. Quero escrever nossos nomes numa parede da cidade, que é pra todo mundo ver que eu te amei, pra nossa história esbarrar em outras, quero tropeçar em você, e não me levantar nunca mais. Quero escrever um texto feito esse feito pela gente, feito gente. E organizar sua gaveta, e bagunçar sua cama. E te ouvir bravo por não entender meu medo, e choramingar pra te dizer um não, porque poucas pessoas conseguem te dizer não.

Quero te encontrar quinhentas vezes e me perder em todas elas. Quero sentir medo de amar, e te amar mesmo assim, te contar o incontável, e ficar, mesmo quando ir parecer mais fácil. E ir ficando. Mesmo você esperando que eu vá qualquer dia, mesmo eu sabendo que posso ir, quero escolher ficar, porque a vontade de morar no mundo é grande, mas a de morar em você é ainda maior. Quero te contar que é amor o nó em nossa volta, na minha volta, e rir por você não acreditar, mas é. Era desde o primeiro oi que você me disse. E escrever três futuros diferentes, amando desmedidamente cada milímetro seu. E te amar as pressas. E te amar as prosas. Derramar o chá, reamar. E te odiar todos os dias, te amando sempre um pouco mais.


[Escrito em um pedaço de folha qualquer arrancada de uma agenda velha, após uma conversa sobre os velhos tempos. Encontrei a folha perdida, mas me perdi fora da gaveta]

@tainazona_

84 Comentários:

  1. ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, sua linda

    ResponderExcluir
  2. Tainá, fazia um bom tempo que não vinha ler teus belos textos, e não diferente dos outros, esse está maravilhoso. Até mais, e continue assim uma boa escritora. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Taai, como eu estava com saudade de ler seu texto. Ficou lindoooo, o começo então está encantador, o final fechando com chave de ouro. Você e seu poder de me deixar com uma vontade enorme de escrever. Lindoo! Lindoo!! *****

    BeeeijO
    Giih

    ResponderExcluir
  4. Nhaaaw que coisa mais linda!!! X)

    http://lullabyforju.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. ont, que texto mais lindoo!
    beijos
    entaotudomudou.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu queria poder escolher desse texto uma citação favorita, e ai me deparei que se eu fosse grafar seria do começo ao fim. Esse texto desperta um sentimento na gente, é algo inexplicável chegar ao fim dessas palavras. Fiquei com um sentimento enorme dentro de mim, uma nó na garganta, eu não sei como descrever o que tuas palavras me fizeram sentir.

    Tu escreve muito, é um dom maravilhoso, o jeito como você joga as palavras, combina as frases, é tanta coisa linda junta que a gente lê esquecendo de prender o fôlego. Meu Deus garota, você me deixou abobada aqui; haha

    Posso afirmar que esse é o melhor texto que já li em meses. Parabéns! beijão!

    www.eraoutravezamor.blogspot.com / semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Dizer que seu texto é lindo é pouco. Seu texto é incrível, me senti tão bem, olha, não sou de citar os outros, mas lembrei de uma frase do Jorge Amado: "De amor não se morre, se vive!" É isso, viver tudo isso que você escreveu é amar!

    Abraços!

    http://agoraemdiante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ai que texto mais lindoooo! E mais amor ainda é saber que estava em um pedaço de papel velho que de repente foi encontrado e agora publicado! ♥

    ResponderExcluir
  9. É tão bom escrever né? A gente se sente livre. Amei seu texto !!
    Volte mais vezes ao blog , um beijo .
    http://bhulago.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. menina, você tá de parabéns, viu!? escreve muuuuuuito bem. Lindo texto.... pura emoção <3

    deliriosdepaty.blogspot.com.br
    https://www.facebook.com/deliriosdepaty
    instagram: @deliriosdepaty

    ResponderExcluir
  11. Mt lindo.São coisas simples assim que fazem o amor valer a pena.
    Também escrevo,quando der uma passadinha por lá.Vou adorar ter sua opinião :)
    http://poesiasecafes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que engraçado Luiza, nesse minuto mesmo estou lendo teu blog! Mas por algum motivo não consigo enviar meu comentário!

      Excluir
    2. Eu o ajustei e mudei a url também. Mas desde já obrigada pela visita! http://luizadesvaneios.blogspot.com.br/

      Excluir
  12. Amei seu texto! Realmente inspirador.

    modaurbanablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. "A gente pode se casar de novo. De brincadeirinha como quando tínhamos seis anos, e brincar de estar brincando aos sessenta. A gente pode se casar aos dezesseis. Aos vinte e seis, de seis em seis, das seis as seis".

    Tomará Tainá! Deus conserve a pureza desse seu amor, é tão lindo! Desejo uma vida intacta,sem as marcas da desilusão.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  14. Seu texto é lindo! Fez-me lembrar aqueles sonhos profundo que já tive - e tenho - sobre o amor... Aqueles desejos aparentemente simples, mas não são fáceis de se realizar...
    Sua escrita é ótima, seus textos, belíssimos, e eu simplesmente amei o seu blog! Já estou seguindo!

    Abraços!

    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Confesso que quando comecei a ler seu texto fiquei com preguiça, mas a cada linha eu queria ler mais e mais, quando vi, já tinha acabado! Adorei seu texto, parabéns você escreve muito bem. Beijos www.likelivros.blogspot.com.br

    Ah, e por favor assiste o primeiro vídeo do meu canal?
    http://www.youtube.com/watch?v=WodLAttlAXo
    Ignore a timidez, SE INSCREVE LÁ, POR FAVOR?

    ResponderExcluir
  16. Que texto perfeito. Valeu a pena ler cada linha. Você escreve mais do que bem. Mil vezes parabéns. É a primeira vez que visito seu blog e já sei que vou visitar sempre. Estou seguindo!

    beijo, Joyce
    dicasdegarota.com

    ResponderExcluir
  17. Lindo texto. Sutil, romântico, profundo... E até um pouco genial.

    ResponderExcluir
  18. Eu só vim retribuir a visita, e sai com uma vontade amar, ou melhor, de AMAR MAIS, de amar quietinho e de amar em paz, que vibe boa, nossa...
    Demais, eu amei profundamente, você não sabe a quanto tempo eu não leio nada que me pegue com atenção, e agora, nossa... não tenho o que falar.
    Eu podia até te elogiar, mas eu vou agradecer.
    Adorei a sensação, viu?
    E vou voltar!

    dizingrid.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Esse comecinho é bem legal, gostei desse texto... Até favoritei haha XD
    fashion em cores -.com

    ResponderExcluir
  20. Que perfeito!! Você escreve muito bem, parabéns e sucesso aqui!!

    Peall
    www.bigbrigadeiro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Que texto lindo, as veze aqui em casa lembro de quando eu e meu esposo nos conhecemos como foi o primeiro encontro é tão bom relembrar e ja to seguindo seu blog e curtindo tua pagina

    http://www.jeitosimplesdeser.com.br/
    https://www.facebook.com/jeitosimplesdeser
    Boa noite

    ResponderExcluir
  22. lindo seu texto estua dorando seu blog
    já seguindo aqui, poderia retribui?
    lamourmonage.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. que delicia esse texto , sei la me deu uma paz <3

    http://amoresepipoca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. li a primeira vez, correndo os olhos pra ver o que você ia escrever na próxima linha, ansiosa pra ver se o texto ia ficar bonito até o fim pra eu compartilhar com meu companheirinho.
    aí li, mandei pra ele o link e li de novo.
    o que dizer depois de sentir tanta coisa boa lendo? É O TEXTO DE AMOR MAIS LINDO QUE EU JÁ LI NOS BLOGS <3 (em caps lock mesmo,pra gritááá)

    amei!

    www.pe-dri-nha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Nossa, esse texto é incrível. Sério. É um dos mais lindos que eu já li. Ele é tão fácil, tão gostoso. Sabe aquele tipo de coisa que faz a gente se colocar no lugar e sorrir?
    nossa, parabéns, viu?!

    www.fizdecanetinha.com

    ResponderExcluir
  26. Ai fiquei até com saudade de karaokê com o texto, hihi ♥

    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  27. Queeee texto liiiindão! Amei seu blog! Já no favoritos;
    Beeijos ♥
    http://rebecafashionworld.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Gente, que coisa linda <3 eu amei seu texto, sério, ficou perfeito *-* Beijocass
    http://oblogdamandi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Meu deus tu escreve tão bem e tão novinha assim. Parabens tem um caminho bom pela frente . Continue :*

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Amei o texto! Quem dera se eu tivesse um amiguinho de infância que fosse agora um melhor amigo e até mesmo um amigo colorido, sabe? Mas, na minha infância eu só fiz amizade com garotas pra ficar brincando de boneca. Adorei!

    xx,
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  31. Lindo é pouco para dizer o quanto esse texto é bom. Me perdi no texto. Acho que já falei isso antes, mas você escreve de um jeito muito bom, que poucas pessoas conseguem.

    Beijos
    Uma Perfeita Complicada

    ResponderExcluir
  32. Gostei do seu texto. Me prendeu e tive que ler até o fim. Criativo e inovador.
    http://cronicasdeumlunatico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Nossa, que texto lindo, essa combinação de palavras me encantou. Todas essa situações do cotidiano misturadas a sentimentos me fizeram sorrir. Você escreve muito bem, e pode ter certeza de que irei ficar por aqui também.
    Beijos.

    Detalhes em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  34. Juro que me deu um aperto tão grande quando li esse trecho "Ficar escrevendo até você voltar, ficar escrevendo sobre você chegar. Escrever nosso aconchego."
    Eu tô há uma semana longe do meu namorado e esse texto me lembrou tanto ele, me deu uma saudade enorme!
    Lindas suas palavras, gostei muitíssimo da sensibilidade da sua escrita

    O Vitrô

    ResponderExcluir
  35. Ah, a velha e boa poesia! mas não daquelas quaisquer. Falo das bem escritas, das que você se enxerga nela: poesias-espelho. Preciso passar mais por cá pra coletar boas memórias. You go, girl!

    ResponderExcluir
  36. Poesia Pura! Ainda vai dizer que não merece os elogios?, você manda muito bem no que escreve. Parabéns, e feliz dia do escritor. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Adorei, nossa super talentosa você. Ficou ótimo, de verdade <3
    Seguindo aqui ^^
    xoxo
    http://www.universovanguarda.com/

    ResponderExcluir
  38. Adorei! *_*
    e acho que ainda mais hoje, 25 de julho, dia do Escritor você merece muuuito, Parabéns :)

    beijo, beijo!

    Goiabasays

    ResponderExcluir
  39. Que texto massa, também quero isso tudo.
    Escreves muito bem guria.
    Vou passar mais aqui (:

    ResponderExcluir
  40. Tu escreve muito bem, quanto talentooo!

    ResponderExcluir
  41. Tainá, que texto lindo! É o que qualquer pessoa que ama pensa e quer na vida. Gostei imenso!

    Beijinho grande e obrigado pelo carinho. *

    ResponderExcluir
  42. Delicioso o texto. E achei bem bacana que a música acabou junto da minha leitura. Casou.

    Beijo, grande.

    ResponderExcluir
  43. Amei o texto *---*
    bjus

    http://prypensando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. Lindo e inspirador. Quanto amor nas entrelinhas, vírgulas e palavras. Quanta poesia. Quanta felicidade. Sempre sabendo onde começar e quando parar. Amei o texto.

    Ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  45. Nossa lindas palavras cheias de romantismo... embebidas de muito amor... amei cada parágrafo ;)
    beijos e ótimo find.

    ResponderExcluir
  46. Seu texto já me deixou novamente toda manhosa... Com a sensação que sempre tento esconder aqui dentro mas não dá. Vontade de pegar o texto e mandar pra alguém, mas droga, não posso.

    Maravilhoso...

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  47. Maravilhoso, o texto, a musica e como eles se encaixavam perfeitamente, me fazendo sonhar e suspirar junto a eles!

    Beijos, INconvencional!

    ResponderExcluir
  48. Taaai, que texto mais lindoo!!! Sério, a cada dia sou mais sua fã! amei cada pedacinho do texto e me identifiquei demais! ''Odiar os seus vícios, e ficar feliz por suportar os meus.'' isso é muito a minha cara!! Me sinto tão bem no seu blog, e você também, sempre sera bem vinda no meu cantinho! Você por lá é sempre uma boa surpresa <33

    Beijos, Mari
    http://www.garotadabossa.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aliás, eu posso colocar esse textinho no Entre Aspas do blog flor? Com os créditos claro :))

      Excluir
  49. É, o texto não faz meu tipo. Mas é impossível negar que está muito bem escrito, sem falar em que o final o fecha muito bem.

    obs: gostei muito do seu comentário lá no blog

    ResponderExcluir
  50. http://www.youtube.com/watch?v=Yt9osHVl1GE
    Bem o estilo do seu texto!

    gostei pra caralho.

    ResponderExcluir
  51. Lindo texto, lindo layout, lindo tudo, parabéns! ♥

    ResponderExcluir
  52. curti muuuito , parabéns pelo blog ... sucesso 8-8
    http://loorenacriis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  53. Menina, que lindo seu texto! Fico feliz que tenha visitado meu cantinho, assim pude conhecer o seu! ;)

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  54. Que texto lindo!! *-* Parabéns, você escreve muito bem! :)

    Beijo
    http://miopesanonimos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  55. Oi, Tainá. Tudo bom?

    Sei que são muitos comentários e talvez você não veja o meu, mas gostaria de agradecer pela passadinha que você deu lá no meu blog.

    Gostei muito do seu blog (dos assuntos abordados e do layout também). Só não me identifiquei muito com esse texto em específico. Normal, não sou lá muito romântica.

    Abraços,

    Mariana Machado
    http://lentesdeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  56. Menina linda e apaixonada, que saudade daqui!
    Eu precisava ler um texto assim hoje, de um jeito que só você sabe fazer.
    Não resisti a uma frase, e resolvi, por conta própria, postá-la no tumblr, sem esquecer seus creditos, claro! Fiz mal? Aí o link: http://biografiadeumpoeta.tumblr.com/post/56670002931/quero-escrever-nossos-nomes-numa-parede-da-cidade

    Beijo!
    Escreva mais, escreva sempre! Será um prazer te ler ♥

    ResponderExcluir
  57. Oi, Tainá!
    Eu realmente acho que estou sem palavras, menina! o_o Texto lindo, cheio de ternura, uma graciosidade sem tamanho! De tirar o fôlego e de ficar relendo e relendo e relendo, sinceramente! Muito tocante e cheio de amor, um tipo de amor que faz a gente suspirar! De verdade, você escreve muito bem, consegue tocar nosso coração sem esforço algum. É mentiroso quem diz que palavras não valem nada, porque valem: as suas acalentam e encantam cada vez mais a mim! (e não é do teclado pra fora, viu?).
    E acho que você comentou sobre a resenha de Charlotte Street no post errado, HAHA! No começo, eu não entendi a relação do comentário com o post, mas agora está tudo bem. Eu também sou romântica (pelo menos 90% de todos os meus livros são romances), mas, acredite, "legalzinho" não é um adjetivo convincente o bastante para fazê-la querer ler o livro, eu acho. Eu o comprei achando que se tornaria um dos meus preferidos, mas acabou de o que eu esperava não existia. Enfim, se quiser tê-lo fique de olho sobre a tal promoção (que ainda não está confirmada).
    Love, Nina.
    http://omundocoloridodanina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  58. By the way, EU AMEI A MÚSICA! ADORO MÚSICA INSTRUMENTAL!!! QUAL É O NOME???
    Love, Nina.
    http://omundocoloridodanina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  59. oi querida,
    primeiro muito obrigada pelo carinho e pela visita. Também estou seguindo aqui e pretendo voltar. Volte sempre ^^
    Sobre o texto, muito lindo e romântico. Combinou muito com a música *--*
    boa semana
    ;*

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  60. Tai, já comentei que você escreve super bem, né? Então eu repito: VOCÊ ESCREVE MUUUITO BEM!
    Adorei o texto (apesar da minha falta crônica de romantismo). Tudo que você citou são coisas tão simples, mas que significam tanto em um relacionamento.

    Beijo
    Mariana | Sem querer me intrometer

    ResponderExcluir
  61. Lindo texto! Cheio de romantismo e verdades. Me identifiquei muito com esse trechinho aqui "Odiar os seus vícios, e ficar feliz por suportar os meus." :D
    Parabéns!

    Beijo
    http://criandorabiscos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  62. Um dos textos mais lindos que já li <3 Depois de ler as suas linhas nem tenho mais palavras para dizer o quanto gostei!

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  63. Zurra, escreve pra c$*&lho O.o


    pinkpimenta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  64. Sério fiquei impressionada com esse texto, enquanto lia imaginava as cenas e ao mesmo tempo lembrava do meu amor. Cara, escreve um livro, sai do blog -faça os dois- e escreva um livro, pode ter certeza não terá uma pessoa que não amara seus textos. PERFEITO, sério to muito impressionada com um texto assim. Parabéns.

    http://garota-oblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  65. que texto incrível, tudo o que eu precisava ler num domingo intranquilo e morgado e pasmaceiro. tudo aqui é muito moderno e inspirador.

    ResponderExcluir
  66. Andei catando texto até que algum me fizesse sentir o que senti nesse. Achei lindo. Muito.

    ResponderExcluir
  67. Um novelo de desejos que explicita amor, poesia e querer. Amor bonito esse quando nos incita e nos impulsiona a ser um diferencial, um sentimento distinto e reconfortante. Este olhar para alguém que amamos alinha o coração. Romântico e apaixonante texto.

    Lindo Tainá!

    Volte mais vezes no meu blog. Adorei sua visita por lá.

    Beijo!!

    ResponderExcluir
  68. Que texto perfeito é esse, plmdds? Amei, você escreve super bem! É um texto que tem prende do começo ao fim. Peguei até partes dele e mandei pro meu namorado. Perfeito!

    Vem: Just Babis (:

    ResponderExcluir
  69. Adorei o texto amiga :)
    Bjus ;*

    ResponderExcluir
  70. Finalmente vim te visitar!
    Você escreve maravilhosamente bem, moça. Gosto desse fluxo de ideias rápido - você lê perdendo o fôlego sem vontade de parar. Já te disseram que você é criativa com as palavras?

    Que bom que reencontrou o endereço do meu blog, apareça mais vezes por lá pra gente conversar :D
    Beijão!

    ResponderExcluir
  71. Que lindo seu texto, você escreve muito bem parabéns (:

    Seguindo pelo Projeto "Cartas para Amelie"
    Beijos,
    Blog Fashion e Bella
    www.fashionebella.com.br

    ResponderExcluir
  72. Sempre me perco em momentos assim, adorei o texto e é bom devanear com coisas assim.

    Beijos

    http://sonhosdeumamadrugadadeinverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  73. mas, aposto que ainda lembro a quem foi direcionado, não? também tenho coisas que escrevi em agendas. elas são tão úteis pra isso! <3

    ResponderExcluir
  74. Vejo que há muito não passa por aqui. Espero que volte.

    Tem uma promoção nova lá no meu blog, dá uma passadinha por lá e confira.
    http://mylife-rapha.blogspot.com.br/2013/11/promocao-seu-cantinho-no-meu.html

    Ótima semana (:

    ResponderExcluir
  75. Caramba Tainá... Meus parabéns, me deixou sem palavras. Muito lindo seu texto.
    Beijos, Nathy | http://meumundoeaassim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  76. Caramba há quanto tempo não volta aqui hein, espero novos textos!

    Até seu retorno, desejo já um Feliz Natal e um ótimo 2014. Boas festas :)

    http://sonhosdeumamadrugadadeinverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  77. Gente que texto lindo! *OO*

    xx,
    cojuliana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  78. Incrivelmente lindo. Sem mais.
    Quanto amor cara, quanta lindeza.

    Muito bonito.
    Bjos.

    ResponderExcluir

a frequencia da diversidade, ou apenas os complementos para os meus insanos pensamentos,ou o conforto de saber que me escutam.

 

theme