2x1

                                                                                                                                                           Para alguém que amei às prosas,
                                                                                                                       que  amei às pressas.


Tenho me cansado muito, você sabe, se tem uma coisa que me parece imutável, é essa minha mania de abrigar na rotina mais dias que de fato possuo. Além dos pequenos post-its ainda pregados no armário, que me dizem o que fazer, e que horas dormir. Sempre existe um espaço entre uma coisa e outra, que não exige bilhete de anotação, ou qualquer despertador no telefone. É nessa hora (e também em meio as outras) que penso em você.

Você sabe, tenho me cansado muito. Mas se tem uma coisa que não muda, é essa minha mania de pensar em você. E em seguida penso, num chão bem grande e bem largo, que é pra você poder espalhar seus livros, e bagunçar o tapete. Colocar na vitrola velha, um cd antigo do Cazuza. E ficarmos ali, os dois. Você ainda gosta de Cazuza, não é? Era ouvindo as canções dele, que a gente costumava sermos nós. Sermos nós, você lembra? Era ao som de Cazuza, que a gente se juntava àquela colcha de retalhos feita à mão. E remendava nosso não-amor feito à pé. Feito à língua. Feito à dedos. Feito às coxas. Feito à braços, e abraços. Aos trancos e barrancos. E em dias de chuvas. Dias de muita chuva. E ficávamos ali, ensopados de nós mesmos. Era Cazuza que a gente ouvia em dias de sol. E quando fazia muito calor, ficávamos ali despindo nossas roupas, e vestindo o sentimento um do outro.

Não sei se você se lembra, talvez o tempo, o cansaço, o ócio, a rotina e o resto, tenha lhe apagado as lembranças, você com uma memória tão boa, possa ter esquecido. E isso sempre foi o diferente entre nós, nunca soube bem das datas, dos dias, das horas, e minha memória ruim, entre um chá e outro só faz lembrar. Era ali naquele espaço dois por dois, que costumávamos sermos um. E, que agora sendo eu só, tendo a ser dois. Tendo a ser nós. Que não atam nem desatam. Era ali, ao som de Cazuza, que você me contava o incontável, e nosso silêncio calava os ruídos lá de fora. Quando acabava a música, a gente mapeava o depois do nosso agora. E de repente o noticiário da tv, não dizia nada, era ali, naquele espaço dois por dois, cabendo um, que o mundo girava.

Penso muito em você, talvez eu pense mais depois da seis, do que pela manhã, talvez eu pense das seis as seis. E no inverno. E embora faça frio, são pensamentos que porque não esqueço aquecem, e é sua veste que me faz companhia. Fico ali, me aninhando ao nosso tapete, que era tão minúsculo para nossas histórias, e que agora abriga uma saudade inteira. E ficamos ali, eu e ela. Sendo mais ela, do que eu. E quem eu era, mesmo?

Talvez você também não saiba responder, por falta de tempo. Pelo cansaço. Pelo cheiro das nossas rotinas fatigantes. Você não saiba responder. Talvez a linha que divide nossos atuais hemisférios, tenha deletado de você, pouco mais do que sua língua nativa. E tenha trazido pra mim, uma saudade do tamanho de nós dois. Você sabe, as coisas sempre pendem para o sul. Mas se por acaso, por descuido de memória, saiba, e mesmo assim não queira responder, eu entendo. E vou te entender e atender sempre que quiser me ligar, mesmo que não saiba com quem se fala. Eu vou te dizer, o que mesmo nunca tendo dito antes, eu te disse sempre.

E que no fim do dia, dessa minha rotina fatigada, é sobre seu peito de poesias cansadas, que quero descansar minhas retinas, e todo o resto.

[ Escrito numa quinta-feira, sem chuva. E sem sol. Sobre o tapete, e sob os ruídos lá de fora. Aconselho a ouvir o som baixinho, ao pé do ouvido e das letras.]

Espero que gostem do texto, e também das novidades que venho preparando que em breve divulgarei aqui na fan page, e se gostar continue em casa, curtindo a page, beijos

82 Comentários:

  1. Eh saudade que só é bonita no papel, amei o texto e a musica para o climax ...
    Nova Leitora e Seguindo aqui
    http://helpanaemia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Saudade é bonita pra quem vê e não pra quem sente. :$

    http://des-conversando.blogspot.com.br/ Segue? se gostar deixa recadinho em algum post linda *-* beijos flor :*

    ResponderExcluir
  3. seu blog é super fofo viu?! Adorei aquele gif que tem na barra lateral direita, mt legal msm!
    Seguindo, sdv?
    Bjs!
    www.mimoseblablabla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. oi, querida. brigada pela visita lá no blog e por me seguir.

    o Delírios de Paty também tem fan page. pode curtir?
    https://www.facebook.com/deliriosdepaty

    beijo grande! ;* tem post novo lá no blog!!
    http://deliriosdepaty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Sou apaixonada pelos seus textos, gosto muito do jeito que tu escreve. Beijão <3

    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu texto, muito incrível!

    www.cindereladementira.com.br

    ResponderExcluir
  7. Amar é o tempo todo pensar se o outro em nós está pensando.
    GK

    ResponderExcluir
  8. AADOOOREEEI, você tem uma grande capacidade de escrever, fofo dmsss <3 noova seguidora aqui o/

    http://smile-andlove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Belíssimo texto! Você acaba de ganhar mais uma seguidora! ;)
    Além do Salada de Croqui, também tenho um blog de poesias que atualizo de vez em nunca e talvez você goste:
    http://retalhandopensamentos.blogspot.com.br/
    Bjs
    ;***

    ResponderExcluir
  10. ual, e me responda, como não gostar de algo assim?

    O singular que vira plural o nós que vira nó e nó cego. Garota, eu poderia ficar horas falando do teu texto, mas ele já diz tudo o que pode ser dito e eu fico em silêncio, sem palavras, porque tudo me chamou a atenção, o título, o contexto, o enredo, a trilha sonora, os pontos, as vírgulas o tudo. Texto completo sobre o que virou vazio.

    Maravilhoso, de verdade! Parabéns!
    www.eraoutravezamor.blogspot.com | www.semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Muito profundo e em várias partes mE identifiquei *-*

    ResponderExcluir
  12. Nossa, Tainá, que texto LINDO. Confesso para ti que nos ultimos meses tenho evitado ler textos que sei que vão mexer comigo. Estava/estou em uma fase de superação de um término, estou evitando qualquer tipo de sentimentalismo, mas não pude evitar ler seu texto, e adorei acompanhado pela ótima música. Você escreve muito bem, muito mesmo. Parabéns.

    E muitissimo obrigada pelos elogios ao meu blog. Também amo texturas étnicas/astecas/navajo. Fico super feliz com a tendência dessas estampas, porque fico me sentindo mais indiazinha, hahaha. Volte sempre ao meu blog, eu voltarei sempre aqui, já percebi que não vou mais conseguir evitar "reflexões" agora que conheci teu blog.

    www.themelodyinside.com

    ResponderExcluir
  13. Bom dia amora ! Tudo bem com você? Então, estou passando para te convidar a participar de um grupo de blogueiros no facebook! Super bom para divulgar seu blog, publicações, e conseguir novo seguidores, claro que não é obrigatório.. haha, mais queria você por lá, vamos?
    ALink do grupo! Clica | Meu blog ! Segue? Sigo de volta ♥
    ps: se me seguir, comenta avisando, que sigo dvt.

    ResponderExcluir
  14. ain que coisa mais belaaaa, adoro textos assim que dá vontade de entrar neles! ♥
    :*

    ResponderExcluir
  15. Amei o texto, de verdade mesmo.
    Adorei o blog e estou seguindo.
    Te convido para participar do meu grupo para blogueiras no facebook e para conhecer meu blog ♥
    Grupo:https://www.facebook.com/groups/150228425157099/
    Blog:http://www.ancoranabolsa.com/

    ResponderExcluir
  16. Belo texto Tainá. E belo blog também! :)

    ResponderExcluir
  17. Obrigada ♥.♥

    Amei seu blog e adorei o texto, voltarei sempre *-*

    Instagram: ferdallan
    http://www.leferblog.com

    ResponderExcluir
  18. Adorei o texto! Me fez lembrar de uma apaixonite minha, que nunca chegou perto disso. Bem que eu queria viver assim com a pessoa que eu ame, só espero a pessoa agora, haha.

    Xx
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  19. Obrigada! ♥
    http://keepcalmandshopvintage.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  20. "E que no fim do dia, dessa minha rotina fatigada, é sobre seu peito de poesias cansadas, que quero descansar minhas retinas, e todo o resto."

    Chore tanto lendo esse texto, tão lindo, tem tanto sentimento verdadeiro nele. Gosto disso.
    Eu espero que esse fim de dia chegue logo para que vocês possam se alinhar e descansarem sempre!

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Gente, que texto mais lindo *.* Muito emotivo e ao mesmo tempo, sensível, sabe? A trilha sonora não podia ter sido mais perfeita. Cazuza é um clássico que jamais será esquecido, um ícone, um poeta. Adoro demais *.* Beijão pra você <3


    vintageiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Resposta: Obrigada querida, gostei do teu blog.

    ResponderExcluir
  23. Oi Ta! Prazer em conhecer seu blog, principalmete com um texto desse de "boas vindas"... e a música mais do que linda para acompanhar... Nem precisei ler sua dica no fim... sempre que as blogueiras postam textos com música, ouço enquanto leio, assim parece que entro no clima que a blogueira quer!
    Adorei o texto... adorei a parte "Penso muito em você, talvez eu pense mais depois da seis, do que pela manhã, talvez eu pense das seis as seis"...achei o máximo!!

    Bjinhos
    Ju
    asbesteirasquemecontam.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. De todas as coisas boas que vivemos, o que sobra é a saudade, aquela coisa que incomoda, que quer a toda força sair do peito. A saudade serve exatamente pra isso, dizer se algo foi realmente bom ao ponto de ficar ancorado com a gente.

    E ai, ai gente lembra, quando é dia de chuva, quando a carência bate, quando aquela música toca. E sabe, já nem dói mais como antes, com um tempo a saudade vira algo bom, saudável até.

    Boa noite moça, "_"

    ResponderExcluir
  25. Amei como você escreve, tem sempre o cuidado de colocar músicas que relaxem e que acalmem. Já coloquei nos favoritos !
    http://modinhasdehojeblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Ai eu lendo essas coisas, aqui, morrendo de saudades do meu namorado que tá longe pra chuchu :~

    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  27. Amorosidades, confesso que me afasto. Mas não adianta, elas me envolvem. E, obviamente, palavras são a melhor forma de expressar os sentimentos grandiosos. A saudade é isso aí, embora tenha repúdio dela e me obrigo a não pensar nos efeitos causados por ela.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  28. Ler um texto desses ao som de Cazuza, não tem preço!
    Só acho que deveriam existir mais pessoas como você, com um coração lindo desse, aberto pra falar de sentimentos, falar de verdades... Gostei muito do teu blog também, agora é a minha vez de sentar aqui no tapete e ficar ouvindo histórias como essas contadas por você! Hahahah

    Lindeza define! Beijos!
    http://umbailarino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. eu gostei e gostei muito. quantas vezes tudo o que queremos é só um peito de poesias pra descansar a retina?

    ResponderExcluir
  30. Oi, Tainá!
    Awnnn, fiquei bastante feliz que você tenha ido visitar meu blog! Vestibular é bem ruim mesmo, meio que suga as nossas energias e tudo o que queremos fazer é nos enfiar debaixo das cobertas, hehe. Mas tomara que seus estudos não estejam chatos. Eu gosto bastante de estudar, meio que me desopila. Dependendo da matéria posso passar a tarde fazendo exercícios. Adoro, haha. Hoje foi a vez de Biologia <3
    Mas, ahhhh... Seus textos são lindos! Meio que me esqueci de vir aqui depois daquele dia, porque fiquei meio sem inspiração para o meu blog (e, consequentemente, paro de visitar blogs alheios). Eu adoro essa canção e, ainda que não tenha crescido ouvindo Cazuza muito, aprecio muito as músicas dele! Me avise quando postar outro texto! *-*
    Um superbeijo para você!
    Love, Nina.
    http://omundocoloridodanina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Gente, como não amar os seus textos?
    Eles conseguem transmitir os sentimentos de uma forma única, e representa a saudade de uma forma que realmente toca!
    E ainda mais ao som de Cazuza!
    Amei de verdade, e pode crer que sempre vai ter uma pessoinha aqui na casa! \o/
    Beijoos linda :*

    http://meuuniversox.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Oi, querida! Muito fácil me identificar com esse texto, tão doce, suave e humano. Gostei sobretudo da parte: "Era ouvindo as canções dele, que a gente costumava sermos nós. Sermos nós, você lembra?". Seu cantinho também é muito gracioso, obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  33. Flor que texto lindo, vc é inspiradíssima!
    Amei! <3

    http://meninamulherdelicious.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Olá adorei o blog se ainda não me segue http://enfimos18.blogspot.com.br/ só me seguir que retruibuo ;

    ResponderExcluir
  35. o texto é lindo, mas a saudade pesa demais... Sei bem como é isso <3

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Sentir saudade nunca é bom. Dói e aperto o coração.
    Adorei o seu texto!

    Beijos, Letícia.
    Desconstruindo Amélia

    ResponderExcluir
  37. Que texto lindo. As palavras estão carregadas de sentimentos e pude sentir isso daqui, do outro lado da tela. Adoro tua forma de escrever, me encanta!

    Blog: O silêncio não existe
    FanPage: www.facebook.com.br/osilencionaoexiste
    Beijos, Lenise

    ResponderExcluir
  38. Amei esse seu texto, começa a ler e não dá mais pra parar, traz essa conversa que chama, além de todo sentimento que sentimos ao ler, lindo, arrasou . beijo

    ResponderExcluir
  39. Que texto lindo! Me identifiquei tanto... Como se você estivesse escrito pra min!
    http://www.momentosassim.com/

    ResponderExcluir
  40. Quando você disse que gostou do meu blog e que eu também gostaria do seu caso chegasse a vir aqui, de fato fiquei bem curiosa e vim ver no que dava!
    Começando por Cazuza assim, foi como estender os tapetes pra eu entrar desfilando! haha
    Gostei da tua escrita tão carregada de fortes emoções. Gosto muito de textos assim, que nos envolvem e nos fazem viajar em nossa memória imaginando as cenas.

    Um beijo bem gostoso de quem está encantada!

    ResponderExcluir
  41. Tainá, primeiramente, desculpe a minha ausência! Não foi nada particular, e sim uma coisinha chamada "faculdade" HSUAHSUAHSU

    Eu amo os seus textos e amei este em particular, pois falar sobre o amor e a falta dele. Você deveria juntar todos eles em um livro. Já pensou nisso?!

    Beijos,
    Caroline, do Criticando por Aí.

    ResponderExcluir
  42. TAiná obrigada pela sua visita, vim retribuir e fiquei encantada com seu cantinho, quantos textos lindos, parabéns já estou seguindo aqui.
    BEijo grande

    ResponderExcluir
  43. Cansaço... uma palavra que me chamou atenção no seu texto, as vezes amar cansa, lindo o seu blog. http://beliveyourstyle.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. fico encantada pelo seus textos.

    www.meninaperdida.com

    ResponderExcluir
  45. Own *-*

    Nossa, você escreve bem! Adorei conhecer seu blog, obrigada pela visita, beijos!

    Adorável Tédio
    Adorável Tédio Fã Page

    ResponderExcluir
  46. E estou curtindo sua página no face, pq vc merece u_u Mt boa!!!

    ResponderExcluir
  47. Gente,eu realmente me perdi nas suas palavras.Ao som de Cazuza seu texto ganhou realmente um toque especial.Parabéns!
    Quando der de uma passadinha no meu blog,recebi u selo e INDIQUEI VOCÊ TAMBÉM!
    Espero que responda e passe para frente o selinho!
    Beijooos,
    http://escreve-r.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  48. Taina seu blog é LINDO! Parabéns.

    Já estou seguindo sua fan page.
    Bjo

    ResponderExcluir
  49. Saudade, quanta saudade heim Tainá.
    Muito Lindo seu Blog, seus textos também. Obrigado pela visita, viu. Apareça sempre, porque eu também vou continuar lendo você e seus sentimentos escritos.
    Beijão moça. ^^

    ResponderExcluir
  50. Eu também senti saudades daqui. Que texto lindo! E que bom ter um lugar sereno de um amor para descansar. Amei!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  51. muito lindo seu texto, você escreve bem , é bom ter um cantinho assim em que possa ler esses texto e refletir sobre muita coisa *-*
    bjs bjs, seguindo.
    http://loucacompanhia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  52. Lindo e emocionante. Sempre pensamos demais em alguém, até quando não queremos.
    É inevitavel, o turbilhão de pensamos nos invade e então somos afogados por eles.

    Beijos e ótimo final de semana.

    P.S: dei uma sumida porque estou sem tempo, estou trabalhando agora. Mas sempre que der estarei passando por aqui, adoro seu cantinho.

    ResponderExcluir
  53. Gostei bastante vc tem facilidade para escrever.
    um gênero que emociona
    Parabnes :*

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
  54. Sou muito idiota (meus olhos encheram de lágrimas). Amei o texto não tenho nem palavras... NUNCA pare de escrever de verdade.

    Beijinhos

    paulafreire.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  55. Brigada pelo comentário lá no blog <3 É, realmente foi uma surpresa boa. Ah, nunca li Mundo de Sofia, vou anotar pra fazer isso em breve, já que é o favorito de alguém ^^ Ai, não sei se foi por acaso, o livro foi endereçado a mim... enfim. Bom, vim aqui te ver, e nossa, você escreve bastante :) adorei a música de fundo.

    beeijo!

    ResponderExcluir
  56. Cazuza, também faz parte da minha trilha. Poesia, também faz parte do meu show.

    ResponderExcluir
  57. Sempre tem uma pessoa pra ocupar nossas mentes e dá um sabor diferente a vida.
    http://ladydarkangel13.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  58. Eu queria escrever como você, sério! >.<

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  59. Texto desenhado com o coração. Sentimento que se alinha decorando os corredores internos fazendo os olhares se cruzarem com os encantos soltos e deixados. A alma apita o que se apodera, sendo sincera e repleta com a beleza terna do amor presente. Elo que vocifera poesia. Coração que quer, que ama e sorri. (e chora)

    Lindo texto Tainá. Amor bonito que escorre solto nas veias.

    Obrigado pela linda visita no meu blog. Espero que venha mais vezes. Adorei aqui.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  60. Que blog lindo! >.< Você escerev muito bem! AMEI!!! *-*

    Beeijo
    http://miopesanonimos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  61. Ameeeei o blog e esse texto!
    Você escreve muito bem.
    Parabéns :)

    Moda na Janela

    ResponderExcluir
  62. Que texto lindo, omg! Cada vez mais encantada com as coisas que postas aqui! Achei realmente muito lindo, profundo, muito cheio de sentimento!

    http://ladiabolique.blogspot.com.br/
    http://www.facebook.com/pages/La-Diabolique/357682434345817

    ResponderExcluir
  63. Estar com a cabeça vazia me faz pensar mais do que eu deveria. Acho que é o caso. A rotina é inimiga da estabilidade psicológica.

    ResponderExcluir
  64. Nossa, eu quando entrei no seu blog, hoje, pensei vou ler e vou comentar, mas algo aconteceu diferente. pensei que eu ia apenas dizer o que achei do texto, mas não. Eu vou ter que falar o que eu senti quando li o texto, ao som dessa música linda. Um misto de sentimentos, mas o encanto por cada palavra foi o mais presente. Não é possível, você escreve de uma forma surrealmente perfeita. Muito obrigado por esse texto, e digo mas por criar esse blog, e disponibilizar esse espaço cheios de palavras, textos incríveis.
    http://desventuras-em.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  65. Adorei o texto ♥.♥

    Instagram: ferdallan
    http://www.leferblog.com.br

    ResponderExcluir
  66. Eu sou mt sua fã!!! To cada dia mais apaixonada pelos seus textos!! Amo muitooo!! Continue sempre assim, guaranto que voce vai muito longe linda!!! Eu consegui entrar na historia, ser personagem e sentir tudo aquilo, isso nao é pra qualquer um!! Parabenss ���� hahah

    www.garotadabossa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  67. Omgsfsiodfns;djkbsodiuvbsdivusbl que lindo aondlaksjdnbliusfvobkxjfv. Af, nunca consigo escrever textos assim O.o


    pinkpimenta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  68. Ual, que lindo e profundo. Eu me vi completamente ai. Esse texto realmente me tocou fundo.
    http://ceudeoutubro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  69. Nossa, que texto lindo, já me peguei em uma situação parecida, questionamentos parecidos ...
    Amo seu blog, é incrível! Beijos

    www.biancammartins.blogspot.com.br
    www.diaryofagirl369.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  70. QUE PERFEIÇÃO DE TEXTO MENINA !
    Li ele escutando a música e sentia arrepios durante cada verso. Simplemente divino o modo como você escreve. PARABÉNS !
    Mil beijos (;
    tem post novo lá no blog , passa lá querida?

    ResponderExcluir
  71. Você escreve TÃO bem *--* É tão ruim essa dor, esse vazio de quando as coisas acabam :/ Mas passa e a gente encontra outras pessoas, das quais logo logo tambéms entiremos falta.
    Não quer mandar um texto lá prop blog não ?
    Beijos
    arradosno-baile.blogspot.com

    ResponderExcluir
  72. Tainá texto L-I-N-D-O, é ruim sentir saudades, mas vc tem um dom lindo pra escrever! Seus textos são tão reais, sério, vem de dentro, são inspiradores! Meu trecho preferido:
    " E em dias de chuvas. Dias de muita chuva. E ficávamos ali, ensopados de nós mesmos."

    Um Beijo e ótima semana!

    Gil Santos

    ResponderExcluir
  73. Lindo demais. Adoro o jeito que você escreve, como brinca com as palavras, acho incrível. Me faz viajar em pensamentos, primeiro imaginando e depois me perguntando como você consegue escrever tão bem.

    Beijos
    Uma Perfeita Complicada

    ResponderExcluir
  74. Escreve de amor de forma simples, fluente
    dá pra quase visualizar o casal escutando "o teu amor é uma mentira que a minha vaidade quer"


    abraços, voltei à blogar

    ResponderExcluir
  75. Você escreve muito bem, adorei o texto, de verdade. O jogo que você fez com as palavras é algo que eu estou tentando aprender a fazer e você faz com tanta sutileza e intensidade ao mesmo tempo, adorei.

    www.annadecassia.com

    ResponderExcluir
  76. Adorei o texto, sua escrita é linda!

    Hey, ta rolando sorteio lá no blog, quem sabe você não queira participar? Beijoos.
    http://esfriouocafe.blogspot.com.br/2013/06/sorteio-esfriou-o-cafe-e-vintage.html

    ResponderExcluir
  77. Adorei o texto. Super lindo.
    http://foreveerdivas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  78. Que texto incrível! Não sei nem como te explicar o que senti ouvindo essa música e lendo esse texto, maravilhosos. Meus parabéns, de verdade.
    www.rotinadeuniversitario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  79. Não sou perfeita em comentar em textos, mas posso dizer que esse texto entrou na lista dos meus favoritos. Você tem uma leveza com as palavras e parece que as transformam em mágica. A gente fica envolvido e não quer parar de ler. Amando esse seu texto, mulher!

    Abraços, Arih

    ResponderExcluir
  80. Cazuza e Saudade, combinam muito.
    Amei essas palavras. ♥

    ResponderExcluir
  81. Cazuza é atemporal, simpaticíssima Tainá, e essa é uma das músicas mais bonitas de sua obra, uma bossa nova. Antes roqueiro, vocalista do Barão Vermelho, acredito que ele já estava seguindo carreira solo quando gravo-a. Boa ideia de colocar uma música ladeando cada texto, como fundo musical, forma todo um clima enriquece.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

a frequencia da diversidade, ou apenas os complementos para os meus insanos pensamentos,ou o conforto de saber que me escutam.

 

theme