dezembro sobre mim!

"Vou me perdendo, buscando
em outros braços
seus abraços..." 


Dezembro é sempre igual, é uma nostalgia que devasta o peito, uma melancolia fora do normal. Eu não sei romper ciclos, e isso tem sido a única coisa que eu sei de fato. Não sei dizer tchau. A verdade é que eu guardo muita coisa. Numa caixa guardo objetos valiosos, uma ou outra pétala de rosa, um graveto, algumas pedrinhas, bilhetes e papéis amassados, esse tipo de coisa que nos garante que tal momento foi guardado. Guardo coisas demais, meu coração é grande e acaba acumulando coisas que pra muitos ficaram pra trás. Vem sendo dias difíceis, porque dizer tchau é quase inevitável. Vem sendo dias difíceis já que as feridas da saudade são quase incuráveis. Eu não sei romper ciclos, não sei amar pela metade. Se te amo, fique comigo. Fique comigo de verdade. Eu tenho essa mania de me doar, me doar sem saber o que receber. Tenho essa mania de em outras pessoas me perder. Tenho me perdido tanto, que passo horas tentando ver à quem pertenço, conclui que não sei. Pertenço à todos que não esqueço. Pude por fim, sorrir por meu coração ser assim, tão quebrado. Assim é bom, entrego uma parte dele pra cada qual, digo; Toma, é seu! Cuidado, deixe-o longe de todo mal. E assim, sigo os dias, me perdendo em sorrisos novos, e alimentando velhas saudades. Um dia tenho meu coração inteiro de volta, e ai.. bom ai vai ser só felicidade!

12 Comentários:

  1. Adorei o texto
    Beijos

    www.decaronanamoda.com

    ResponderExcluir
  2. adorei o texto!
    super verdade!

    http://www.divasdivat.com/

    ResponderExcluir
  3. AMEI esse post! O texto, a imagem... Super bacana!

    Beijinhos,
    http://www.estiloestilomeu.blogspot.com
    Sorteiosss rolando lá! =]

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post, e seu blog está cada dia melhor!

    Beijos,
    http://bloggarotainocente.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Dezembro é sempre assim. Todo mundo recomeça no ano novo, algumas mudam de cidade, outras deixam o cotidiano pra traz e se remontam. Então Dezembro carrega um peso maior que ser o ultimo mês do ano. Vira a ultima vez, o ultimo encontro, a ultima vez que te vejo, a ultima vez que te vejo desta forma, a ultima vez que sorri, a ultima lembrança. E por isso sempre voltamos à dezembro e sua melancolia de alteração.
    http://nossa-caixa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. acho que muitas pessoas entenderão :)

    ResponderExcluir
  7. Assim como vc tbm não sei romper ciclos, não gosto de finais de jeito nenhum e dezembro sempre vem com essa coisa de fechar um ciclo, e começar outro.

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Adorei o blog
    ja estou seguindo!
    da uma passadinha la no meu blog
    e se gostar fique a vontade para me seguir
    Também.Um beijinho,fica com Deus
    Xau Xau!!
    http://karenbarbiepink.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Gostei do texto.

    Um excelente Natal para ti.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Tem uma mini mixtape de natal no meu blog, passa lá e ouve...
    http://nossa-caixa.blogspot.com/2011/12/jingle-beats-mini-mixtape.html

    ResponderExcluir

a frequencia da diversidade, ou apenas os complementos para os meus insanos pensamentos,ou o conforto de saber que me escutam.

 

theme